terça-feira, 16 de março de 2010

O que cantar?

Mesmo quem não nasceu Sinatra tem o direito de cantar
Desde que não aporrinhe o vizinho
Desde que cante algo que presta
Eu e você podemos duetar durante horas
Um samba canção infeliz
As velhas do Sérgio Sampaio
E outras baladas de amor doente
Se não for hoje
Amanhã ainda estou por aí
Tomando vento na cara
E cantando qualquer coisa minha
Não as que eu fiz, mas as que sonhei fazer
Enquanto andava por aí somando as placas dos carros
E tentando botar meu bloco nas ruas

10 comentários:

Elucubrada disse...

essa semana conversando com um amigo, surgiu algo assim:
- camila, se decide! ou prosa ou poesia!
- porra, a angustia é minha! quem mede ela sou eu e ajusto do jeito que quero! Não tá satisfeito, não me visite mais!
rs
além do bloco, fantasia!
abço

POBRE MEU BLOG disse...

Falou tudo!

Alien disse...

Abaixo a autorepressão e a repressão alheia!

Anônimo disse...

Massa pra caralho. Tá musicado?
Kleber Felix.

POBRE MEU BLOG disse...

Fala Kleber,
Não tá musicado não. Tá faltando música ultimamente.
Abraço

Aline disse...

E aí, Txélos? Sentiu a responsa? Manda ver!!!

Leguminosa. disse...

Caramba, o Txélos tá aqui ?

Leguminosa Lerda. disse...

Agora eu entendi.

Maos no queixo. disse...

Nao deve ser a coisa mais simples de musicar. Mas também quem sou pra saber disto ?

Fabiano Rosa disse...

Cara isso ai foi muito foda!!!