quarta-feira, 5 de novembro de 2008

21 Gramas



Tesão de filme. Revi neste final de semana. Bela reflexão sobre amor, morte, escolhas e destino. Tinha esquecido de como a atuação do Benicio del Toro é fudida. Estou muito curioso para vê-lo interpretar o Che. Vamos ver se Hollywood dá conta de tratar um personagem tão complexo como o guerrilheiro argentino com o mínimo de cuidado.
Voltando a "21 Gramas", Sean Penn também está ótimo. Os coadjuvantes também mandam muito bem: Naomi Watts, o pastor, a mulher do Sean Penn.
Outro charme de "21 gramas" é a montagem esperta. Também gosto da fotografia e da trilha sonora. Filmaço.

Um comentário:

Pedro disse...

Mermao, coincidências da vida. Dia desses revi o "Amores Perros" e acabei gostando mais ainda do "21 Gramas". O "Amores" é bacana e tal, mas parece que se perde em determinado momento e demora mais do que deveria, o "21 Gramas" é bem mais concentrado e com atuacoes exemplares, como você disse. Eu vi os dois no cinema e nas duas vezes sozinho. É o tipo de filme bom pra isto. Lembra quando vimos "Crash" do Croenenberg em Bauru ? Tinhamos só eu e você e o lanterninha eu acho. Puta privilégio. Outro filme bom para se ver sozinho num cinema.
Abracos mermao
Pedro.